domingo, 9 de dezembro de 2018

Cronologia – PSP ou PlayStation Portable – Parte 2

Está não é a história completa do PSP, mas sim apenas a cronologia do tempo do console, posteriormente vamos fazer outro post contando a história completa do primeiro portátil da Sony ( o Pocketstation não conto como console).

2008 – Em Março a Sony lança mais um acessório para o portátil: GPS Receiver PSP-290. Este, em conjunto com o programa Go!Explore, transforma o PSP em um GPS,  que cobre vários países na Europa, com mapas e elementos em pontos de interesse em 2D e 3D. Casa mapa possui 11 idiomas ( dentre eles o português de Portugal).

No mês de Outubro a Sony faz novos ajustes e atualização do portátil lançando o PSP-3000. Embora o design seja o mesmo do anterior, as novidades foram o microfone na parte frontal, suporte de saída de vídeo e tela LCD melhorada com película antirreflexo. Via atualização do firmware, foi adicionado o serviço Skype VoIP, permitindo usar o portátil para fazer chamadas via Skype por meio de conexão Wi-Fi.

2009 – Com a atualização 3.60 e um cabo de vídeo componente lançado para o portátil, o PSP-2000/3000 pôde reproduzir jogos, filmes e ouvir música na tela da TV, desde que esta tenha suporte a 480p. O PSP-1000 não possui suporte a este recurso.

Em Junho é lançado a atualização de firmware 6.20, tornando o sistema apto a rodar revistas em quadrinhos digital por meio da barra XMB.

No mês de Outubro de 2009 a Sony lança uma nova versão do portátil. Desta vez, o design do sistema foi totalmente modificado – o formato do modelo 3000 foi abandonado e o aparelho ficou mais compacto e com tela deslizante. O modelo N1000, chamado de PSP Go, abandonou totalmente o uso de UMD, dedicando-se a conteúdo via download pela PlayStation Store – além de usar headset sem fio, permite acoplar o controle Sixaxis ou DualShock 3 do PS3. A Sony mentém o PSP Go coexistindo com o PSP-3000, lançando jogos tanto em UMD quando em formato digital.

2010 – Junho, o jornal inglês Wall Street revela que a Sony trabalha em um novo portátil, o verdadeiro sucessor do PSP. Shuhei Yoshida, presidente da SCE Worldwide Studios, admite em entrevista que havia um novo hardware da família PlayStation em desenvolvimento.

Em agosto do mesmo ano o PSP passa em um processo de certificação da Anatel e do Inmetro para que possa ser comercializado, legalmente no Brasil.

Outubro de 2010 nos EUA, é lançado o jogo InviZimals, que vem com um novo modelo de câmera para o portátil, a PSP-450x. Ela tem 0.3 megapixel, tira fotos com resolução máxima de 480×272 e grava vídeos de 640×480 com áudio.

Em dezembro do mesmo ano a Capcom lança no Japão, o jogo Monster Hunter Portable 3rd, um dos maiores fenômenos de vendas da história (tanto do portátil quando da própria Capcom). Só na semana de lançamento, foram vendidas mais de 2 milhões de unidades e, ai final do mês, eram mais de 4 milhões! Com o pacote especial Monster Hunter 3rd Bundle, contendo o PSP tematizado com o jogo, no mesmo período foram vendidas mais de 326,639 mil unidades do portátil.

2011 – Janeiro o PSP modelo 3010, começa a ser oficialmente vendido no Brasil. Sem muito alarde o aparelho surge na loja online Sony Style, ao preço de R$ 1299,00. No mesmo mês no Japão, a Sony realiza uma conferência de imprensa para oficializar o sucessor do PSP, chamado no momento de Next Generation Portable (NGP).

Março de 2011, com a redução de preço estabelecida mundialmente pela Sony para o PSP (o PSP Go passa a custar US$199 e o PSP-3000, US$129), a versão brasileira passa a custar R$969,00. A Sony Brasil também anuncia que uma linha de jogos para o portátil será lançada com preços reduzidos do País. Em todo o mundo, o PSP vendeu mais de 67 milhões de unidades.

Link para a Parte 1
Compartilhe:

Cronologia – PSP ou PlayStation Portable

Está não é a história completa do PSP, mas sim apenas a cronologia do tempo do console, posteriormente vamos fazer outro post contando a história completa do primeiro portátil da Sony ( o Pocketstation não conto como console).

2008 – Em Março a Sony lança mais um acessório para o portátil: GPS Receiver PSP-290. Este, em conjunto com o programa Go!Explore, transforma o PSP em um GPS,  que cobre vários países na Europa, com mapas e elementos em pontos de interesse em 2D e 3D. Casa mapa possui 11 idiomas ( dentre eles o português de Portugal).

No mês de Outubro a Sony faz novos ajustes e atualização do portátil lançando o PSP-3000. Embora o design seja o mesmo do anterior, as novidades foram o microfone na parte frontal, suporte de saída de vídeo e tela LCD melhorada com película antirreflexo. Via atualização do firmware, foi adicionado o serviço Skype VoIP, permitindo usar o portátil para fazer chamadas via Skype por meio de conexão Wi-Fi.

2009 – Com a atualização 3.60 e um cabo de vídeo componente lançado para o portátil, o PSP-2000/3000 pôde reproduzir jogos, filmes e ouvir música na tela da TV, desde que esta tenha suporte a 480p. O PSP-1000 não possui suporte a este recurso.
Em Junho é lançado a atualização de firmware 6.20, tornando o sistema apto a rodar revistas em quadrinhos digital por meio da barra XMB.

No mês de Outubro de 2009 a Sony lança uma nova versão do portátil. Desta vez, o design do sistema foi totalmente modificado – o formato do modelo 3000 foi abandonado e o aparelho ficou mais compacto e com tela deslizante. O modelo N1000, chamado de PSP Go, abandonou totalmente o uso de UMD, dedicando-se a conteúdo via download pela PlayStation Store – além de usar headset sem fio, permite acoplar o controle Sixaxis ou DualShock 3 do PS3. A Sony mentém o PSP Go coexistindo com o PSP-3000, lançando jogos tanto em UMD quando em formato digital.

2010 – Junho, o jornal inglês Wall Street revela que a Sony trabalha em um novo portátil, o verdadeiro sucessor do PSP. Shuhei Yoshida, presidente da SCE Worldwide Studios, admite em entrevista que havia um novo hardware da família PlayStation em desenvolvimento.

Em agosto do mesmo ano o PSP passa em um processo de certificação da Anatel e do Inmetro para que possa ser comercializado, legalmente no Brasil.

Outubro de 2010 nos EUA, é lançado o jogo InviZimals, que vem com um novo modelo de câmera para o portátil, a PSP-450x. Ela tem 0.3 megapixel, tira fotos com resolução máxima de 480×272 e grava vídeos de 640×480 com áudio.

Em dezembro do mesmo ano a Capcom lança no Japão, o jogo Monster Hunter Portable 3rd, um dos maiores fenômenos de vendas da história (tanto do portátil quando da própria Capcom). Só na semana de lançamento, foram vendidas mais de 2 milhões de unidades e, ai final do mês, eram mais de 4 milhões! Com o pacote especial Monster Hunter 3rd Bundle, contendo o PSP tematizado com o jogo, no mesmo período foram vendidas mais de 326,639 mil unidades do portátil.

2011 – Janeiro o PSP modelo 3010, começa a ser oficialmente vendido no Brasil. Sem muito alarde o aparelho surge na loja online Sony Style, ao preço de R$ 1299,00. No mesmo mês no Japão, a Sony realiza uma conferência de imprensa para oficializar o sucessor do PSP, chamado no momento de Next Generation Portable (NGP).

Março de 2011, com a redução de preço estabelecida mundialmente pela Sony para o PSP (o PSP Go passa a custar US$199 e o PSP-3000, US$129), a versão brasileira passa a custar R$969,00. A Sony Brasil também anuncia que uma linha de jogos para o portátil será lançada com preços reduzidos do País. Em todo o mundo, o PSP vendeu mais de 67 milhões de unidades.

Link para a Parte2
Compartilhe:

Cronologia – PSOne – Parte 2

Está é a continuação do nossa cronologia sobre o primeiro PlayStation, aqui não estamos contando toda a história do console, isso vai ficar em um post separado, o que é dito aqui só são os principais fatos na história do PSOne, então continue acompanhando.

1998 – Tekken 3 vende 1 milhão de cópias em seu primeiro dia nas lojas japonesas, um feito incrível. Muitos jogadores consideram Tekken 3 como o grande jogo de luta do PlayStation. O título estabeleceu um novo padrão de qualidade para conversões de jogos de fliperama.

Em Setembro do mesmo ano, o PlayStation completa três anos nos Estados Unidos e comemora com uma redução de preço: o console passa a custar US$129. Não há como cotestar o primeiro lugar absoluto do console na industria de games, até nos EUA, onde a luta contra o Nintendo 64 foi um pouco mais complicada no inicio. Os acessórios também caem de preço, e o Dualshock se populariza muito mais.

Metal Gear Solid foi lançado em Setembro no Japão, mas a versão americana só chegou em Outubro. Em vez de falarmos  que o jogo vendeu 6 milhões de cópias ou que inventou  o gênero Steath, podemos dizer que MGS avançou toda a industria dos games em alguns anos. Hidei Kojima não teve medo de fazer um jogo muito maior que o PlayStation poderia  aguentar, e enfiou  horas de diálogos dublados em dois CDs e manteve uma relativamente curta experiência de 8 à 10 horas (padrão dos jogos atuais) detalhada a perfeição.

No mês de Novembro alcança 50 milhões de unidades vendidas no mundo antes de completar quatro anos no mercado. Os EUA já possuem mais consoles do que o Japão. Até o fim do ano, o número de jogos licenciados para o sistema ultrapassa a marca de 3 mil, somando as três regiões.

1999 – Chega o Pocketstation no Japão, e permanece por lá. Este pseudo-PDA, um Memory Card com tela LCD e botões, foi popular no Japão, mas do que a Sony esperava. Era possível usá-lo com jogos compatíveis no PS1 para baixar minigames, que geralmente liberavam itens extras nos jogos do console. Os jogos mais famosos a darem suporte ao periférico foram Final Fantasy VIII (era possível habilitar duas  invocações_ e Ridge Race Type 4.

Em Fevereiro de 1999 chegou Final Fantasy VIII que teve o maior lançamento da história do PlayStation. Foram 2,5 milhões de cópias vendidas em menos de uma semana no Japão, batendo em 200 mil unidades o recorde do episódio anterior.

2000 – O PSOne, revisão de hardware do console, é lançado em julho no Japão e em setembro no Ocidente. Foi  ao que a Sony a moda do console slim para diminuir custos e dar novos atrativos a um hardware já antigo. Além de ser menor e mais leve que o original, não havia muita diferença entre eles, a não ser a ausência das portas serial e paralela, que eram pouco usadas ( serviam para ligar dois consoles para jogar em rede e plugar acessórios como Game Shark).

2001 – O PSOne ganha uma tela de LCD com cinco polegadas para torná-lo semiportátil. A tela se encaixava perfeitamente ao console e, além de exibir os jogos, pode mostrar fotos e filmes de câmera digitais pela entrada de áudio e vídeo.

2004 – São lançados os últimos títulos para o primeiro PlayStation no Japão, Black/Matrix 0, adaptação de um jogo de Game Boy Advance, foi lançado em 13 de maio. No Ocidente, Fifa 2005 apagou a luz do console no dia 8 de outubro. Contando todo tipo de versão em todos os territórios, o PSOne chegou a marca de mais de 7 mil jogos em um período de mais de nove ano, uma marca sem precedentes.

2005 – Em setembro de 2005 o PlayStation alcança a marca de 100 milhões de unidades vendidas em todo o mundo, sendo o primeiro console a conseguir esta proeza. O único a repetir o feito ( e superá-lo por uma boa margem) foi o PlayStation 2. Em pouco mais de 10 anos, a plataforma conseguiu passar de estreante desconhecida a um dos hardwares mais importantes da história do entretenimento digital. Nesta época, o console já era vendido por US$70 por muitas lojas.

2006 – Quase 12 anos após  o lançamento do seu primeiro console, a Sony encerra a produção do PlayStation original. A festa, porém, continuou, e batia novos recordes com o PlayStation 2 que vamos abordar em uma Cronologia Futura… Então Aguardem.

Link para a Parte 1
Compartilhe:

Cronologia – PSOne

Este post não é para contar a história do primeiro PlayStation, mas sim datar os acontecimento até o final de sua história, então nos acompanhe.

1991  – A Nintendo forma uma parceria para criar um leitor de CD-Rom para o Super Nes. Durante a Consumer Electronics Show, a feira de eletrônicos conhecida como CES, a Nintendo surpreende ao anunciar o encerramento da parceria e revela que a Philips é a nova aliada no projeto. A Sony ainda sem experiência no mercado de games, porém apoiada por engenheiros competentes e motivados, decide criar o seu próprio console. Começa então um processo de planejamento, pesquisa e revisões técnicas que se estendia pelos próximos dois anos.

1993 – O projeto PlayStation finalmente está pronto. Porém, a produção do videogame é cara demais para tornar possível um preço razoável para venda. Após alguns cortes e lutas internas, Ken Kutaragi, líder do projeto, se dá por satisfeito e a produção e ajustes finais começam. Kutaragi se torna presidente da divisão de pesquisa e desenvolvimento da Sony Computer Entertainment. A Sony começa as demostrações do seu produto para desenvolvedores nacionais e estrangeiros.

1994 – O PlayStation já em estado avançado de desenvolvimento continua a ser demostrado para estúdios fora do Japão. As divisões Sony Computer Entertainment America e Sony Computer Entertainment Europe são estabelecidas.

Em 3 de Dezembro, o console é lançado oficialmente no Japão por 39.800 Yen, com oito jogos no catálogo inicial – o destaque é Ridge Racer. Em uma época cheia de fortes concorrentes  no Japão, o console é aceito com empolgação pelos consumidores e as vendas são satisfatórias.

1995 – Em Maio o PlayStation, disponível  só no Japão, alcança seu primeiro milhão em vendas. Em maio acontece a primeira Electronic Entertainment Expo, a E3 sujo tema principal e a briga entre Sega Saturn e PlayStation pelo mercado americano. A Sega que deveria apresentar o preço e jogos de lançamentos do Saturn, já marcado para 2 de Setembro, confessa que tudo era mentira e que o console já estava disponível de imediato em algumas lojas, pelo altíssimo preço de US$399. Foi a chance que a Sony precisava. O presidente da SCEA dispensou o discurso no dia seguinte, subiu ao palco e disse apenas: “Duzentos e noventa e nove”.

Em Julho o primeiro Winning  Eleven é lançado no Japão. J-League Jikkyou Winning Eleven, como todos os outros WE lançados nos últimos 15 anos, teve primeiro uma versão apenas com times do campeonato japonês. E o jogo com seleções chegou apenas em 1996, mesmo ano em que o título seguinte, Winning Eleven 2, com times japoneses, foi lançado no Oriente.

No mês de Setembro no PlayStation é lançado nos Estados Unidos por US$299, com Ridge Racer, Battle Arena Toshinden e outros. Nos dois primeiros dias, o console ultrapassou a marca de 100 mil unidades vendidas. Enquanto isso, a Sony japonesa anuncia que Tekken é o primeiro jogo da plataforma a vender 1 milhão de cópias. O lançamento europeu aconteceu 20 dias depois, e Wipeout foi a estrela que mais cativou o público europeu.

Em Outubro de 1995, As unidades lançadas no Ocidente era um modelo levemente diferente do japonês, com algumas revisões no canhão de leitura de CD e, principalmente, sem a saída de S-Vídeo, disponível nos primeiros modelos japoneses. O console nipônico ficou igual ao ocidental pouco tempo depois e ganhou uma leve redução de preço por conta da simplificação de componentes. Ao fim de 1995, o PlayStation já tinha 3 milhões de unidade espalhada pelo mundo.

1996 – Em março Resident Evil é lançado no Japão ( com o nome Biohazard) e no Ocidente, e rapidamente se torna um dos jogos mais reconhecidos da quinta geração de consoles. A visita da equipe S.T.A.R.S. a mansão de Raccoon City se torna o primeiro grande motivo para se ter um PlayStation ( mesmo que o jogo não fosse exclusivo por muito tempo) e isso motivou mais produtoras a criar jogos com ideias novas.

No mês seguinte, em Abril, o primeiro controle analógico da família PlayStation é lançado pela Sony foi o PlayStation Analog Joystick. Praticamente todos os jogos que tinham suporte ao Analog Joystick ( cerca de 30 títulos) eram de avião ou nave, entre eles, o notável Ace Combat 2, jogos de corrida também entram na lista, o que inclui o primeiro Need for Speed.

Em Maio o preço do PlayStation cai no Ocidente pela primeira vez, apenas outro meses após o lançamento. O console passa a custar US$199 nos Estados Unidos e tem a base de 199 libras na Europa. No mês seguinte, o Japão reduz o preço do console pela metade, para 19.800 yen.
No mês de Novembro, Tomb Raider começa sua tradição de lançamento anuais e consegue se juntar a Resident Evil no ranking de melhores jogos do ano. O título virou sinônimo de PlayStation o que levou a exclusividade da série para a plataforma no ano seguinte.

1997 – Sephiroth mata Aerith no final do primeiro CD. Final Fantasy VII ganha o spoiler (revelação de um evento vital de uma trama) mais famoso da história dos videogames e o jogo se torna o RPG mais conhecido de todos os tempos. Final Fantasy VII vendeu 2,3 milhões de cópias em apenas três dias no Japão, e o PlayStation, que tinha acabado de chagar a 10 milhões de unidades vendidas no mundo todo, recebeu o empurrão final que precisava para ser a principal plataforma da tal geração 32-bit. Final Fantasy VII foi o divisor de águas para os RPGs, para a Squaresoft e para a plataforma PlayStation.

Em Março o Net Yaroze é lançado no Ocidente. Conhecido como “PlayStation Preto”, o Yaroze era uma versão só para desenvolvedores, vendida apenas sob encomenda direta com a Sony. O console era equipado com vários software para criação de jogos e sem travas de região. O preço: US$750. Era precisava um PC para programar seus jogos e então ligar o console ao computador para rodar o software. Este era o grande problema: o jogo tinha que caber na memória RAM do console, em vez de ser gravado em um CD – afinal, eram programas caseiros ou para estudantes, e não para jogos comerciais, o que limitava seus jogos a um tamanho máximo de 3,5 MB. Isso era o equivalente a cerca de 15 segundo de um vídeo em CG de Final Fantasy VII.

Abril o Dual Analog Controller é lançado, uma mistura de controle original com o PlayStation Analog Joystick. Enquanto o controle do N64 o console rival tinha um D-pad, um direcional analógico e outro digital para manipular as câmera dos jogos, o Dual Analog Controller inovou ao agrega um segundo analógico. Atualmente, é difícil encontrá=lo. O controle foi descontinuado em 1998, quando o DualShock tornou-se padrão.

No mês de Novembro de 1997 o Dualshock é lançado. É quase igual ao Dual Analog, porém com apoio mais curtos, botões L e R menos rígidos , dois motores de vibração, um em cada lado (o Dual Analog japonês tinha apenas um, no centro, e seu modelo ocidental não tinha vibração) e as duas alavancas analógicas perderam a pequena concavidade e ganharam revestimento de borracha. Com forte suporte das produtoras, o Dualshock se tornou o controle padrão no fim de 1998 e passou a ser vendido junto com o console, redefinindo todos os outros controles que vieram depois dele.
Em Dezembro de 1997 Gran Turismo é lançado em 23 de dezembro no Japão.

Há quem ache um absurdo que o GTA5 tenha demorado cinco anos para ficar pronto, mas o primeiro GT demorou o mesmo tempo. O projeto começou em 1992, quando o PlayStation ainda nem tinha suas especificações totalmente definidas. Apenas 15 pessoas trabalharam no jogo ao mesmo tempo durante esses anos, ainda tendo que cuidar de outros projetos, como Motor Toon GP. Gran Turismo foi o título mais vendido no primeiro PlayStation, com 10,85 milhões de cópias vendidas no mundo.
Pessoal, esta é a primeira parte da  Cronologia PSOne, para continuar lendo, clique no link abaixo para acessar a parte 2

Link para a Parte 2
Compartilhe:

Meu PlayStation 4 não quer atualizar, o que eu devo fazer?



Pessoal, sei que o site está em construção, mas não é por isso que vou deixar de responder o pessoal, então vamos lá…

Mais um problemas com um usuário do PlayStation 4, ou PS4, como queira chamar, dessa vez a questão e com o Update. Então vamos lá…

Oi, meu nome a Rafael e sou de São Paulo, estou com meu PS4 versão 1115 com um problema, não consigo atualizar o console, ele até começou, mas o console simplesmente desligou e começou a reiniciar sozinho, não sei o que fazer… Ajuda ai, por que o site oficial da Sony PlayStation não ajuda em nada…

Vamos então para um procedimento básico para a solução do problema, você não disse se o a energia “caiu” enquanto o seu PS4 estava sendo atualizado, mas isso pode acontecer, então o jeito de acabar o loop é iniciar o PS em modo de segurança  e fazer a atualização manual…

Isso pode ser feito segurando o Botão Power por 7 segundos… Depois disso tente iniciar o sistema normalmente, caso não de certo, baixe a instalação do site da Sony através desde LINK AQUI.

Depois de baixar o arquivo no seu Computador (esqueci de falar deste detalhe) coloque o arquivo em no PenDrive, mas antes, crie dentro deste Pendrive duas pastas, PS4, e dentro da Pasta PS4 crie também a pasta UPDATE, então coloque o arquivo que você baixou dentro…

Coloque o Pendrive no PS4 e segure o botão Power por 7 segundos até ouvir um beep, depois solte o botão e tente fazer o Update pelo menu da inicialização de segurança do seu PlayStation 4…
Este procedimento pode funcionar, como também não pode… Então vamos para um cenário mais trágico…

Os procedimento que você fez acima não deram certo, então vamos para o tudo ou nada, isso quer dizer que o seu HD pode ter corrompido alguns aquivos e por isso não consegue fazer o console iniciar… Ai meu amigo a história fica bem complicada…

A primeira coisa a fazer e tirar o HD do seu PS4, isso mesmo, vai ter que abrir a parte da tampa esquerda onde fica o HD e tirar ele do local… Primeiro veja se não tem muita sujeira nesta área, limpe com cuidado…

Com o HD retirado conecte no seu computador, isso mesmo, vai ter que dar um jeito de conectar o HD do PS4 no PC, tem alguns lugares que vendem Case para HD de Notebook que podem servir para apenas verificar o problema no HD do PS4… Mas se fosse é um “expert” em info, pode abrir o Gabinete do seu PC e conectar o HD do PS4 dentro do seu Computador, aproveite e use software espalhados pela internet para fazer uma “varredura neste disco, procurando defeitos”…

Ao conectar e identificar o HD você precisa fazer duas coisas… A primeira e formatar o Disco, isso mesmo, poxa você tinha Saves lá, não mandou para o Nuvem, sinto muito amigo…  Formate o Disco em FAT32, que é o sistema que o PS4 identifica para instalar o sistema…

Depois de formatar você precisa colocar um arquivo de cerca de 900MB dentro do seu HD, você pode baixar clicando AQUI, mas lembre-se que precisa colocar dentro de uma pasta PS4 e dentro desta pasta PS4 crie outra pasta chamada UPDATE, o nome do arquivo deve ser “PS4UPDATE.PUP”, depois de tudo isso coloque o HD de volta o seu PS4.

Ligue o PS4 em modo de segurança, que é segurando o botão Power por 7 segundos, depois escolhe [Inicializar o PS4 (reinstalar software do sistema)]

Pronto, isso tem 98% de chances de dar certo, caso negativo, você precisa verificar o que pode estar acontecendo com seu HD, pode ser um defeito do HD e precise comprar outro…

Espero que tenha ajudo Rafael, e até a próxima.
Compartilhe:

Tags